Comprovação da existência de Achatina fulica em múltiplos pontos na zona rural de Maringá, Paraná

Renan Valério Eduvirgem, Maria Eugênia Moreira Costa Ferreira

Resumo


O objetivo da pesquisa é avaliar a distribuição espacial do molusco Achatina fulica, espécie exótica, na zona rural do município. Para caracterizar e explicar a ocorrência positiva da espécie foram avaliados os seguintes elementos: localização em coordenada, temperatura, umidade, insolação, altitude e avaliação da arborização/cobertura vegetal. Em campo, foram detectados 40 propriedades rurais que possuem a espécie exótica, dispersa nas proximidades das residências, barracões, e não em meio às culturas temporárias. As entrevistas indicaram que a maior parte dos entrevistados aplicam os procedimentos de contato manual de forma adequada, cujo propósito é evitar a contaminação pelo helminto Angiostrongylus sp. Entretanto, o risco não está isento, pois há pessoas que têm contato com a espécie sem proteção nas mãos e, em mais de 50% das residências há roedores (ratos), que são hospedeiros definitivos do verme.


Palavras-chave


Biogeografia. Análise ambiental. Distribuição geográfica. Espécie exotica.

Referências


Alves, G. B. M.; Loverde-Oliveira, S. M., 2020. Uso do Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI) para Análise da Distribuição e Vigor da Vegetação no Pantanal Norte. Revista Geografia (Londrina) [online] 29. Disponível em: https://doi.org/10.5433/2447-1747.2020v29n1p175. Acesso em: 20 fev. 2020.

Almeida, M. N.; Pereira, T. M.; Lima, L. H. C., 2016. Comportamento de Achatina fulica (Bowdich, 1822) (Mollusca, Achatinidae) em ambiente urbano. Revista Biociências 22, 1-17.

Andreazzi, M. A. et al., 2017. Giant african snail, Achatina fulica (Férussac, 1821): an environmental and public health problem in the northwestern of Paraná State, Brazil. Acta Scientiarum. Biological Sciences [online] 39. Disponível em: https://doi.org/10.4025/actascibiolsci.v39i3.35569. Acesso em: 29 jan. 2020.

Apinyapibal, S.; Lawthong, N.; Kanjanawasee, S., 2015. A Comparative Analysis of the Efficacy of Differential Item Functioning Detection for Dichotomously Scored Items among Logistic Regression, SIBTEST and Raschtree Methods. Procedia - Social and Behavioral Sciences [online] 191. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.sbspro.2015.04.664. Acesso em: 01 dez. 2017.

Bouchillon, H.; Levine, N. S.; Fair, P. A., 2019. GIS Investigation of the relationship of sex and season on the population distribution of common bottlenose dolphins (Tursiops truncatus) in Charleston, South Carolina. International Journal of Geographical Information Science [online]. Disponível em: https://doi.org/10.1080/13658816.2019.1615068. Acesso em: 01 fev. 2020.

BRASIL, 2006. Lei n°11.428, de 22 de dezembro.

BRASIL, 2012. Lei nº 12.651, de 25 de maio.

BRASIL, 2013. Lei nº 12.805, de 29 de abril.

Bridi, D. et al., 2017. Glyphosate and Roundup® alter morphology and behavior in zebrafish. Toxicology [online] 392. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.tox.2017.10.007. Acesso em: 21 jan. 2020.

Chirima, G. J.; Owen-Smith, N., 2017. Comparison of Kernel Density and Local Convex HullMethods for Assessing Distribution Ranges of LargeMammalian Herbivores. Transactions in GIS [online] 21. Disponível em: https://doi.org/10.1111/tgis.12193. Acesso em: 29 mar. 2020.

Eduvirgem, R. V.; Ferreira, M. E. M. C., 2017. Dispersão da espécie exótica Achatina fulica a partir de seis focos no Município de Maringá, Paraná. Revista Nacional de Gerenciamento de Cidades 5, 7-19.

Eduvirgem, R. V.; Ferreira, M. E. M. C., 2018. Achatina fulica na zona urbana de Maringá-PR: na perspectiva da análise ambiental. Revista Brasileira de Geografia Física 11, 2391-2411.

Eduvirgem, R. V.; Ferreira, M. E. M. C., 2019. Análise do caracol gigante africano na zona 07 do município de Maringá, Paraná: utilização da temperatura média do ar e matriz de permutação ordenável, in: Marcatto, F. S. et al. (Orgs.), Construindo o saber geográfico: 20 anos do PGE-UEM. Editora PGE, Maringá, pp. 207-219.

Ferreira, T. F. et al., 2016. Quality of soybean seeds treated with fungicides and insecticides before and after storage. Journal of Seed Science 38, 278-286.

Fischer, M. L.; Amadigi, I. S. N., 2010. História natural da Achatina fulica, in: Fischer, M. L.; Costa, L. C. M. (Org.). O Caramujo Gigante Africano Achatina fulica no Brasil, Editora Champagnat, Curitiba, pp. 49-99.

Gomes, E. C. S.; Mesquitta, M. C. S.; Wanderley, L. B.; Melo, F. L.; Paula Souza e Guimarães, R. J.; Barbosa, C. S., 2018. Spatial risk analysis on occurrences and dispersal of Biomphalaria straminea in and endemic area for schistosomiasis. Journal Vector Borne Diseases [online] 55. Disponível em: https://doi.org/10.4103/0972-9062.249142. Acesso em: 15 abri. 2019.

Hemmert, G. A. J.; Schons, L. M.; Weiseke, J.; Schimmelpfennig, H., 2018. Log-likelihoodbased Pseudo-R2 in Logistic Regression: Deriving Sample-sensitive Benchmarks. Sociological Methods & Research [online] 47. Disponível em: https://doi.org/10.1177/0049124116638107. Acesso em: 12 ago. 2019.

IBAMA, 2005. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais. Instrução Normativa n° 73, de 18 de agosto. Disponível em: http://www.ibama.gov.br/sophia/cnia/legislacao/IBAMA/IN0073-180805.PDF. Acesso em: 31 nov. 2017.

IBGE, 2020. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IBGE cidades. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/home.php. Acesso em: 11 fev. 2020.

Kosloski, M. A.; Fischer, M. L., 2002. Primeira ocorrência de Achatina fulica (Bowdich, 1822) no litoral do estado do Paraná (Mollusca; Stylommatophora; Achatinidae). Estudos de Biologia 24, 65-69.

Magalhães, V. L.; Cunha, J. E.; Nóbrega, M. T., 2015. Análise do sistema poroso e hídrico de uma vertente constituída por “Latossolo/Nitossolo”. Perspectiva Geográfica 10, 1-19.

Martini, A.; Gaspar, R. G. B.; Biondi, D., 2014. Diagnóstico da implantação da arborização de ruas no bairro Santa Quitéria, Curitiba-PR. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana 9, 148-167.

Mesnage, R.; Arno, M.; Costanzo, M.; Malatesta, M.; Séralini, G-E.; Antoniou, M. N., 2015. Transcriptome profile analysis reflects rat liver and kidney damage following chronic ultra-low dose Roundup exposure. Environmental Health [online] 70. Disponível em: https://doi.org/10.1186/s12940-015-0056-1. Acesso em: 28 out. 2018.

Mesnage, R.; Renney, G.; Séralini, G-E, Ward, M.; Antoniou, M. N., 2017. Multiomics reveal non-alcoholic fatty liver disease in rats following chronic exposure to an ultra-low dose of Roundup herbicide. Scientific Reports [online] 39328. Disponível em: https://doi.org/10.1038/srep39328. Acesso em: 23 set. 2019.

Pallavi, H. S.; Basavaraju, B. S.; Umashankar, N., Shivashankar, T., 2018. Seasonal incidence and population dynamics of giant African snail, Achatina fulica bowdich on mulberry. Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry 7, 2900-2903.

Ruda, A.; Kolejka, J.; Silwal, T., 2018. GIS-Assisted Prediction and Risk Zonation of Wildlife Attacks in the Chitwan National Park in Nepal. ISPRS International Journal of Geo-Information [online] 7. Disponível em: https://doi.org/10.3390/ijgi7090369. Acesso em: 04 set. 2019.

Santana, D. O.; Batalla, J. F., 2018. Estudo da biologia e ecologia do gastrópode Achatina fulica Bowdich, 1822 (MOLLUSCA, GASTROPODA) na cidade de Caraguatatuba, Litoral Norte do Estado de São Paulo. UNISANTA Bioscience 7, 286-296.

Silveira, H.; Alves, F. R. P.; Baldo, M. C. (2015). Análise da intensidade da pluviosidade ocorrida nos anos de 1988-1999-2009 em Maringá-PR. Fórum Ambiental da Alta Paulista 11, 282-295.

Sarma, R. R.; Munsi, M.; Ananthram, A. N., 2015. Effect of climate change on invasion risk of giant African snail (Achatina fulica Ferussac, 1821: Achatinidae) in India. PloS one [online] 10. Disponível em: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0143724. Acesso em: 07 set. 2018.

Silveira, G. R. P.; Campos, S.; Gonçalves, A. K.; Barros, Z. X.; Pollo, R. A., 2015. Geoprocessamento aplicado na espacialização da capacidade de uso do solo em uma área de importância agrícola. Energia na Agricultura 30, 363-371.

Triola, M. F., 2017. Introdução à Estatística, 12 ed. Editora LTC, Rio de Janeiro.

Souza, V. Q.; Follmann, D. N.; Nardino, M; Baretta, D.; Carvalho, I. R.; Caron, B. O.; Schmidt, D.; Demari, G. H., 2015. Produção de sementes de soja e vigor das sementes produzidas com diferentes tratamentos de sementes. Global Science and Technology 8, 157-166.

Quesada, H. B.; Redondo, G.; Vernasqui, L. G.; Magnoni, P. H. J.; Arantes, E. J., 2017. Análise da vegetação ripária em bacia hidrográfica utilizando Índice de Vegetação Normalizada (NDVI) no município de Maringá-PR. Geo UERJ [online] 31. Disponível em: https://doi.org/10.12957/geouerj.2017.26737. Acesso em: 11 fev. 2020.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.5.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License