Avaliação de Impactos de Mudanças no Uso e Manejo do Solo Sobre as Vazões da Bacia Hidrográfica do Ribeirão José Pereira, Utilizando o Modelo Swat.

Filipe Otávio Passos, Benedito Cláudio da Silva, Fernando das Graças Braga da Silva

Resumo


Diversos processos naturais podem causar mudanças nos fluxos hidrológicos dentro de bacias hidrográficas, sendo estas ainda mais afetadas devido a ações antrópicas que mudem as suas características físicas, principalmente, o tipo e o uso do solo. Neste contexto, este trabalho apresenta uma calibração de um modelo de transformação chuva x vazão e posterior simulação para a estimativa das vazões na bacia hidrográfica do ribeirão José Pereira, em Itajubá, sul de Minas Gerais, utilizando o modelo distribuído Soil and Water Assessment Tool (Swat). Foram gerados cinco cenários de uso e ocupação do solo, que foram idealizados a partir de características observadas na bacia ou de tendências futuras de ocupação, a saber, o cenário do estado atual, de manejo do solo, de recuperação das áreas de preservação permanente (APPs) de margens de rios, de substituição total por floresta e de crescimento urbano. Os resultados indicam que o modelo Swat pode ser utilizado na simulação das componentes hidrológicas de bacias hidrográficas de pequeno porte, e ainda que o manejo agrícola e o reflorestamento da bacia são mais eficientes na diminuição do escoamento superficial do que a recuperação das APPs, chegando a uma diminuição de aproximadamente 40% nas vazões máximas simuladas.

Palavras-chave


Modelagem hidrológica; Chuva x Vazão; Swat; Uso e Ocupação do Solo

Referências


Andrade, M. P.; Ribeiro, C. B. M.; Lima, R. N. S., 2016. Modelagem dinâmica da mudança do uso e cobertura do solo na bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul a partir de imagens MODIS e um modelo de sub-regiões. Revista Brasileira de Cartografia 68, n. 5, 965 – 978.

Andrade, C. W. L.; Montenegro, S. M. G. L.; Lima, J. R. S.; Montenegro, A. A. A.; Magalhães, A. G., 2017. Modelagem hidrológica sob mudanças na cobertura vegetal de uma bacia hidrográfica no Nordeste do Brasil. Journal of Environmental Analysis and Progress 2, n. 3, 239-248.

Antunes, T. A., 2015. Modelagem hidrológica da bacia hidrográfica do Alto Canoas através do modelo SWAT. Dissertação de mestrado (em Engenharia Florestal), Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages - SC.

Blainski, E.; Silveira, F.A.; Conceição, G.; Garbossa, L.H.P.; Vianna L.F.N., 2011. Simulação de cenários de uso do solo na bacia hidrográfica do rio Araranguá utilizando a técnica da modelagem hidrológica. Revista Agropecuária Catarinense 24, 65 – 70.

Blainski, E.; Acosta, E.; Nogueira, P. C. P., 2017. Calibração e validação do modelo Swat para simulação hidrológica em uma bacia hidrográfica do litoral norte catarinense. Revista Ambiente e Água 12, n. 2, 226 – 237.

Brighenti, T.; Bonumá, N.; Chaffe, P. L. B., 2016. Calibração hierárquica do modelo Swat em uma bacia hidrográfica Catarinense. Revista Brasileira de Recursos Hídricos 21, n. 1, 53 – 64.

Caetano, J. M.; Casaroli, D., 2016. Tendências dos modelos hidrológicos integrados aos sistemas de informações geográficas a partir da cienciometria. Revista Comunicata Scientiae 7, n.3, 406 - 414.

Caldeira, T. L., 2016. Aprimoramento computacional do modelo Lavras Simulation of Hydrology (LASH): Aplicação em duas bacias do Rio Grande do Sul. Dissertação de Mestrado (em Recursos Hídricos), Centro de Desenvolvimento Tecnológico, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.

Cargnelutti, J.; Galina, V.; Kaviski, E.; Gramani, L. M.; Lobeiro, A. M., 2017. Simulação do escoamento superficial na bacia hidrográfica do rio Aquidauana usando o método do reticulado de Boltzmann. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, XXII simpósio brasileiro de recursos hídricos – Florianópolis, SC.

Correia, T. P., 2016. Aplicação do modelo Swat para simulação de cenários de uso da terra na bacia hidrográfica do rio Jucu. Dissertação de mestrado (em Ciências Florestais), Universidade Federal do Espírito Santo.

Correia, E. F. G.; Ribeiro, G. P.; Baptista, A C., 2016. Modelagem hidrológica da bacia hidrográfica do rio Bengalas, Nova Friburgo, RJ, utilizando o potencial de geotecnologias na definição de áreas de risco de inundação. Revista Brasileira de Cartografia 67, n.6, 1183 - 1202.

Dias, V. S., 2015. Uso de modelo hidrológico em bacia hidrográfica urbana para previsão de enchentes. Estudo de caso: Microbacia do Córrego Jataí - Uberlândia/MG. Dissertação de mestrado (em Engenharia Civil), Universidade Federal de Uberlândia.

Dupasa, R.; Delmasc, M.; Doriozd, J. M.; Garniere, J.; Moatarf, F.; Gascuel-Odouxa, C., 2015. Assessing the impact of agricultural pressures on N and P loads and eutrophication risk. Ecological Indicators 48, 396-407.

Durães, M.F., 2010. Caracterização e avaliação do estresse hidrológico da bacia do rio Paraopeba, por meio de simulação chuva-vazão de cenários atuais e prospectivos de ocupação e uso do solo utilizando um modelo hidrológico distribuído. Dissertação de Mestrado (em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG.

Fia, R.; Tadeu, H. C.; Menezes, J. P. C.; Fia, F. R. L.; Oliveira, L. F. C., 2015. Qualidade da água de um ecossistema lótico urbano. Revista Brasileira de Recursos Hídricos 20, 267 – 275.

Flauzino, B, K., 2012. Degradação do solo pela erosão hídrica e Capacidade de uso em sub-bacia hidrográfica piloto no sul de Minas Gerais. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Itajubá, Itajubá – MG.

Ghoraba, S.M., 2015. Hydrological modeling of the Simly Dam watershed (Pakistan) using GIS and SWAT model. Alexandria Engineering Journal 54, 583 – 594.

Koumrouyan, A., 2015. Desenvolvimento de cenários de cobertura da terra em uma bacia de mesoescala na mata Atlântica e análise de respostas hidrológicas simuladas pelo modelo DHSVM. Tese de Doutorado (em Ciências do Sistema Terrestre) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos – SP.

Lima, O. Distribuição de solos em catenas e mapeamento pedológico de sub-bacia hidrográfica piloto na região de Itajubá-MG. Dissertação de Mestrado (em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Itajubá, Itajubá - MG, 2012.

Lin, B.; Chen, X.; Yao, H.; Chen, Y.; Liu, M.; Gao, L.; James, A., 2015. Analyses of land use change impacts on catchment runoff using different time indicators based on SWAT model. Ecological Indicators 58, 55 – 63.

Lopes, T. R.; Zolin, C. A.; Mingoti, R.; Oliveira, R. F., 2016. Calibração e validação do modelo SWAT aplicado a uma sub-bacia do rio Teles Pires. In: SEMINÁRIO DA REDE AGROHIDRO, 4, Brasília, DF. Água e agricultura: incertezas e desafios para a sustentabilidade frente às mudanças do clima e do uso da terra: anais. Planaltina, DF: Embrapa Cerrados, 144-151.

Marinho Filho, G.M.; Andrade, R.S.; Zukowski Júnior, J.C.; Magalhães Filho, L.N.L., 2012. Modelos hidrológicos: Conceitos e aplicabilidades. Revista de Ciências Ambientais 6, n. 2, 35 – 47.

Martins, C.M.S.; Silva, B.C.; Pons, N.A.D., 2019. Estimativas de cheias em bacias hidrográficas com base em previsões de precipitação por conjunto. Revista Brasileira de Geografia Física 12, n. 5, 1713 - 1729.

Mendes, H. A., 2016. Metodologia para calibração do modelo hidrológico DHSVM. Tese de doutorado (em Ciências Florestais), Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro – ES.

Mendes, H. A.; Cecílio, R. A.; Zanetti, S. S., 2017. Nota técnica: ferramenta para calibração automática do modelo hidrológico DHSVM. Revista Engenharia na Agricultura 25, n. 3, 272 – 282.

Niraulam, R.; Meixner, T.; Norman, L.M., 2015. Determining the importance of model calibration for forecasting absolute/relative changes in streamflow from LULC and climate changes. Journal of Hydrology 522, 439 – 451.

Pereira, J.C.D., 2010. Aplicação do modelo hidrossedimentológico AVSWAT na bacia hidrográfica do ribeirão da Cachoeirinha – MG. Dissertação de Mestrado (em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Itajubá, Itajubá-MG.

Rennó, C.D.; Soares, J.V., 2000. Modelos Hidrológicos para Gestão Ambiental. Relatório técnico parcial - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Cachoeira Paulista – SP.

Rodrigues, E. L.; Elmiro, M. A.T.; Jacobi, C. M.; Lamounier, W. L., 2015. Aplicação do modelo Swat na avaliação do consumo de água em áreas de florestas plantadas na bacia do rio Pará, Alto São Francisco, em Minas Gerais. Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal, Soc. & Nat. 27, 485 - 500.

Serpa, D.; Nunes, J.P.; Santos, J.; Sampaio, E.; Jacinto, R.; Veiga, S.; Lima, J.C.; Moreira, M.; Corte-Real, J.; Keizer, J.J.; Abrantes, N., 2015. Impacts of climate and land use changes on the hydrological and erosion processes of two contrasting Mediterranean catchments. Science of The Total Environment 538, 64–77.

Silva, F. D. M., 2016. Aplicabilidade do modelo Swat na simulação de vazão em bacia hidrográfica do cerrado utilizando valores de parâmetros regionalizados. Dissertação de Mestrado (em Geografia), Universidade de Brasília.

Silva, L.; Cota, S. D. S., 2019. Derivação de parâmetros para o uso do modelo SWAT na estimativa de recarga subterrânea em um aquífero cárstico- fissural do semiárido brasileiro. Revista Águas Subterrâneas 33, n.1, 22 - 33.

Siqueira, V. A.; Sorribas, M. V.; Bravo, J. M.; Collischonn, W.; Lisboa, A. M. V.; Trinidad, G. G. V., 2016. Atualização em tempo real do modelo HEC-RAS para previsão de vazões utilizando um algoritmo de otimização. Revista Brasileira de Recursos Hídricos 21, n.4, 855-870.

Sousa, W. S.; Viana, J. F. S.; Silva, R. R.; irmão, R. A., 2018. Estimativa do balanço hídrico de uma sub-bacia da Bacia Hidrográfica do Rio Ipanema com o Modelo SWAT. Journal of Environmental Analysis and Progress 3, 146-154.

Takeda, T.O. Uso e ocupação do solo urbano. Disponível:. Acesso 17/08/2016.

Teixeira, L. F. C., 2017. Análise de Sensibilidade de Parâmetros do Modelo Hidrológico Swat em Função de Diferentes Características de Bacias Hidrográficas. Dissertação de Mestrado (em Engenharia Ambiental), Universidade Federal do Espírito Santo.

Vieira, L.L.A., 2011. Efeitos de alterações de uso e ocupação do solo e de mudanças climáticas sobre o escoamento superficial na bacia experimental de Santana do Ipanema – Alagoas. Dissertação de Mestrado (em Recursos Hídricos e Saneamento) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió – AL.

Viola, M.R. et al., 2014. Impacts of Land-use Changes on the Hydrology of the Grande River Basin Headwaters, Southeastern Brazil. Water Resources Management 28, 4537 – 4550.

Wagner, P.D. et al., 2015. Dynamic integration of land use changes in a hydrologic assessment of a rapidly developing Indian catchment. Science of The Total Environment 539, 153–164.

Winchell, M.; Srinivasan, R.; Di Luzio, M.; Arnold, J., 2013. ARCSWAT INTERFACE FOR SWAT2012: USER’S GUID.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v14.2.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License