Humanized delivery assistance: methods of pain relief

Rômulo Wanderley Lima, Ana Lúcia Medeiros, Sérgio Ribeiro Santos

Resumo


ABSTRACT

Objective: to assess the knowledge of physicians, physiotherapists, and nurses on the methods of pain relief carried out in the delivery assistance and to describe which methods are performed by these professionals. Method: this is a descriptive field research, with a quantitative approach, carried out in a maternity in the city of Joao Pessoa, Paraiba, Brazil, with a sample of twenty professionals, in which a questionnaire with objective questions was used. The research was approved by the Committee of Ethics in Research of Faculdade Santa Emilia de Rodat/Faser, under the Opinion 02/2009 and Protocol 010/09. Results: 90% of the professionals are female individuals, 45% are 25 to 35 years old. All subjects stated they use massage, as well as breathing and relaxation techniques, consider the non-pharmacological methods more beneficial to women, and think this is a practice of humanization, encouragement, and strength. Conclusion: the methods of pain relief influence the factors related to the pain/tension/anxiety, decreasing mother’s pain and promoting a greater control and safety for women to face this expected moment. Therefore, this practice needs to be approached in a continuous way during prenatal care and delivery. Descriptors: delivery; birth; pain; assistance; humanization; nursing; methods.

RESUMO

Objetivo: avaliar o conhecimento de médicos, fisioterapeutas e enfermeiros sobre os métodos de alívio da dor realizados na assistência ao parto e descrever quais os métodos são praticados por esses profissionais. Método: trata-se de uma pesquisa descritiva de campo com abordagem quantitativa, realizada em uma maternidade da cidade de João Pessoa/PB, com uma amostra de vinte profissionais,na qual foi utilizado um questionário com perguntas objetivas. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Santa Emília de Rodat/Faser, com o Parecer n. 02/2009 e Protocolo n. 010/09. Resultados: 90% dos profissionais é do sexo feminino, 45% na faixa etária de 25 a 35 anos. Todos os sujeitos afirmaram utilizar a massagem, as técnicas de respiração e relaxamento, consideram que os métodos não farmacológicos são mais benéficos para as mulheres e que essa é uma prática de humanização, encorajamento e vigor. Conclusão: os métodos de alívio da dor influenciam na diminuição de fatores relacionados ao medo/tensão/ansiedade, reduzindo a dor materna e promovendo uma maior tranquilidade e segurança para o enfrentamento desse momento tão esperado pelas mulheres. Portanto, esta prática necessita ser trabalhada de forma contínua na assistência pré-natal e durante o parto. Descritores: trabalho de parto; nascimento; dor; assistência; humanização; enfermagem; métodos.

RESUMEN

Objetivo: evaluar el conocimiento de los médicos, fisioterapeutas y enfermeros acerca de los métodos de alivio del dolor realizados en la asistencia al parto y describir los métodos practicados por eses profesionales. Método: esta es una investigación descriptiva de campo, con abordaje cuantitativa, realizada en una maternidad en la ciudad de João Pessoa, Paraíba, Brasil, con una muestra de veinte profesionales, en la que fue utilizado un cuestionario con preguntas objetivas. La investigación fue aprobada por el Comitê de Ética en Investigación de la Faculdade Santa Emília de Rodat/Faser, con la Opinión 02/2009 y el Protocolo 010/09. Resultados: 90% de los profissionales son del sexo femenino, 45% tienen de 25 a 35 años. Todos los sujetos afirmaron utilizar la masaje, las técnicas de respiración y relaxamento, consideron que los métodos no farmacológicos son más benéficos para las mulheres y piensan que esa es una práctica de humanización, encorajamiento y vigor. Conclusión: los métodos de alivio del dolor influencian la diminución de factores relacionados al miedo/tensión/ansiedad, reduciendo el dolor materno y promoviendo una mayor tranquilidad y seguridad para el enfrentamiento de ese momento tan esperado por las mujeres. Por lo tanto, esa práctica necesita ser trabajada de forma continua en la asistencia prenatal y durante el parto. Descriptores: trabajo de parto; nascimiento; dolor; asistencia; humanización; enfermería; métodos.


Palavras-chave


trabalho de parto; nascimento; dor; assistência; humanização; enfermagem; métodos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/reuol.1262-12560-1-LE.0506201114



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios