Perguntas e processos para um ensino de leitura literária inovador

Rosiane Maria Xypas

Resumo


O objetivo deste artigo é duplo. Por um lado, refletir sobre o ensino da leitura literária vista como processo, ressaltando os processos afetivo e simbólico da linguagem. Por outro, refletir sobre a elaboração de perguntas na atividade de leitura literária que permitam respostas provenientes da cabeça do leitor. As recentes teorias da leitura de textos literários favorecem um ensino engajado na categorização de atitudes e interesses do leitor pelo texto lido destacando sua subjetividade no ato de ler.

Texto completo:

PDF

Referências


GIASSON, Jocelyne. La place des questions dans l´enseignement de la compréhension en lecture. In : La compréhension en lecture. Québec, Gaëtan Morin, 1990.

MARCUSCHI, Luis Antônio. Noção de sujeito e de subjetividade. In: Produção Textual, análise de gêneros e compreensão. 1ª Edição, 7ª impressão Rio de Janeiro: Parábola, 2008, p. 68-71.

THÉRIEN, Gilles. L´exercice de la lecture littéraire. In – GERVAIS, B. ; BOUVET, R. Théories et pratiques de la lecture littéraire. Presses de l´Université du Québec, 2007, p. 11-42.

Autor. A biblioteca interior como prática contemporânea no ensino da literatura. Revista Ecos, vol. 27, n.02 (2019).






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.