MÁQUINA DO ABANDONO: UM OLHAR SOBRE A OBRA CADEIA: RELATOS SOBRE MULHERES, DE DEBORA DINIZ

Silvana Maria Pantoja dos Santos, Andreia Marreiro Barbosa

Resumo


O presente estudo analisa a realidade de mulheres encarceradas a partir das interfaces entre prisão e vida social na obra Cadeia: relatos sobre mulheres, de Debora Diniz (2015). Tem-se como foco dois espaços que se intercambiam: o presídio, espaço físico de onde a narradora testemunha o cotidiano das presas, as condições do lugar e o tratamento que elas recebem nos ambientes autorizados à sua circulação; e o espaço social, contexto de suas vivências exteriores revelado nos relatos. Diante dessas mulheres que historicamente vivenciam dramas e desenvolvem papéis impostos a elas socialmente, questionamos: quem são essas mulheres? Que desejos as movem? Tais indagações partem de um processo que envolve categorias de classe, raça e gênero, relações de dependência, falta de acesso à educação e violência.


Palavras-chave


mulher; prisão; Debora Diniz

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Vera Regina Pereira de. Pelas mãos da criminologia: o controle penal para além da (des)ilusão. Rio de Janeiro: Revan; ICC, 2012.

BRASIL. Ministério da Justiça. Sistema Integrado de Informações Penitenciárias. InfoPen Estatística: 2005-2014. Disponível em: . Acesso em: 3 fev. 2020.

DEFERT, Daniel. Heterotopia: tribulações de um conceito entre Veneza, Berlim e Los Angeles. In: Michel Foucault: o corpo utópico, as heterotopias. Trad. Salma Tannus Muchail. São Paulo: N-1 Edições, 2013.

DINIZ, Debora. Cadeia de papel. Revista Liberdade, ed. 19, 2015c. Disponível em: . Acesso em: 3 fev. 2020.

DINIZ, Debora. Cadeia: relatos sobre mulheres. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015a.

DINIZ, Debora. Pesquisas em cadeia. Revista Direito GV, vol. 11, n. 02, p. 573-586, jul.-dez. 2015b.

DINIZ, Debora; PAIVA, Juliana. Mulheres e prisão no Distrito Federal: itinerário carcerário e precariedade da vida. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 111, p. 313-328, 2014.

FOUCAULT, Michel. Outros espaços. In: ______. Ditos e escritos III – estética: literatura e pintura, música e cinema. Tradução: Salma Tannus Muchail. São Paulo: n-1, 2003. p. 19-30.

RAMOS, Luciana de Souza. Por amor ou pela dor? Um olhar feminista sobre o encarceramento de mulheres por tráfico de drogas. Dissertação (mestrado) – Universidade de Brasília, Brasília, 2012.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar: a perspectiva da experiência. Tradução: Lívia de Oliveira. Londrina-PR: EDUEL, 2013.




DOI: https://doi.org/10.32359/debin2020.v3.n11.p74-90



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.