As marcas do matrimônio na escritura do ser feminino: uma análise do conto “O legado”, de Virginia Woolf

Lucas Leite Borba

Resumo


O presente trabalho abordará a instituição do casamento, e seus efeitos sobre a figuração do ser feminino na história, a partir da análise do conto “O legado” (2005), de Virginia Woolf. Na narrativa somos apresentados à personagem Angela, mas por meio da leitura de seus diários que foram deixados por ela ao seu marido ao morrer. Assim, durante a diegese somos confrontados pela imagem de Angela enquanto esposa, na ótica do marido, e enquanto mulher, além do papel social que o matrimônio lhe conferira. Trazemos em nosso trabalho as vozes de mulheres em diferentes épocas, chegando até discursos proferidos no século XXI, revelando as marcas da tradição dentro da hodiernidade. Como aparato teórico, para abarcar a análise, trazemos os postulados de Woolf (2018) e (2014), Beauvoir (2017) e Perrot (2007), que tratam sobre a constituição da identidade feminina e seu lugar na sociedade. Outrossim, buscamos ratificar a voz dessas mulheres, que mesmo no silenciamento, resistiram às repressões do patriarcado e dedicaram a vida para que as mulheres ocupassem os espaços os quais hoje circulam.


Palavras-chave


Virginia Woolf; Autoria Feminina; Feminismo

Referências


ADICHIE, Chimamanda Ngozi. Sejamos todos feministas. São Paulo: Companhia da Letras, 2015.

BEAUVOIR, Simone. O Segundo sexo. São Paulo: Nova Fronteira, 2017.

FREUD, Sigmund. O mal estar na civilização e outros textos. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

J.-D., Nasio. Édipo: O complexo do qual nenhuma criança escapa. Rio de janeiro: Zahar, 2007.

MUCHEMBLED, Robert. O orgasmo e o ocidente. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

PERROT, Michelle. Minha história das mulheres. São Paulo: Contexto, 2007.

WOOLF, Virginia. Profissões para mulheres e outros artigos feministas. Porto Alegre: L&PM, 2018.

__________. Um teto todo seu. São Paulo: Tordesilhas, 2014.

__________. O Legado. In: Contos Completos. São Paulo: Cosac Naify, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.