O Nórdico Antigo e a Língua Inglesa em cenas da série Vikings (2013) da Netflix

Lays Christine Santos de Andrade

Resumo


As línguas sofrem transformações adquirindo características específicas com o passar do tempo, mediada pelas relações interpessoais. Nesse sentido, este artigo visa responder à seguinte pergunta: Que características linguísticas do Nórdico Antigo podem ser observadas em cenas e os diálogos em inglês da série Vikings (2013) da Netflix? Para responder a essa questão, este artigo teve como objetivos: conhecer a organização e as especificidades linguísticas do Nórdico Antigo e identificar as palavras e expressões da Língua Inglesa herdadas do Nórdico Antigo em cenas e diálogos da série Vikings (2013), da Netflix. A fim de alcançar esses objetivos, foi realizada uma pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa, embasada em autores como Friðriksdóttir (2014), Moutinho (2013), entre outros. Em termos de estrutura, o artigo está organizado em cinco seções que abordam a apresentação do Nórdico Antigo e dos povos vikings, as evidências da herança do Nórdico Antigo, observadas em diferentes cenas e expressões linguísticas em inglês utilizadas no seriado Vikings exibido pela Netflix.

Palavras-chave


Nórdico Antigo; Língua Inglesa; Vikings (2013); Netflix; Herança Linguística.

Referências


ARTHUR, Ross. English - Old Norse Dictionary. Parentheses Publications Linguistics Series. Cambridge. 2002.

BIRRO, Renan Marques. Uma brevíssima introdução sobre as runas e o estudo das runas. Fato & Versões, v. 3, p. 1-14, 2015

BOULHOSA, Patrícia Pires. Breves Observações sobre a Edda em Prosa. Revista Brathair. 4 (1), p. 13-18, 2004.

FABER, Marcos Emílio Ekman. A civilização viking. 2017.Disponível em: . Acesso em: 10 de jun. 2019.

FRIÐRIKSDÓTTIR, Sandra. Dögg. Old Norse Influence in Modern English: The Effect of the Viking Invasion. 2014.

GUGLIELMELLI, Alexandre. Vikings vai acabar em 2020, mas série não terá fim definitivo; entenda. 2019. Disponível em: . Acesso em: 15 de jul. 2019.

JORDAN, John-Erik. 139 Old Norse Words That Invaded The English Language. Babbel Magazine. 2015.

MEREGE, Ana Lúcia. [Estante Mágica] Vikings: a história dentro da História. 2014. Disponível em: . Acesso em: 18 de jul. 2019

MOUTINHO, Douglas Esteves. Os Vikings no Medievo - alguns aspectos culturais dos homens do norte. MEDIEVALIS, v. 2, p. 87-101, 2013.

OLIVEIRA, João Bittencourt de. Topônimos escandinavos na Ilhas Britânicas. Revista Brathair, v. 11, p. 41-64, 2011.

OMNIGLOT. The Online Encyclopedia of Writing Systems & Languages. Disponível em: . Acesso em: 10 de jun. 2019.

PALAMIN, Flávio Guadagunucci. Breves Considerações sobre a Edda Poética e a Edda em Prosa. In: V Congresso Internacional de História - XVII Semana de História, 2011, Maringá. Anais do V Congresso Internacional de História. Maringá: Clichetec, 2011. p. 2362-2372.

VIKINGS. Criação: Michael Hirst. Intérpretes: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Clive Standen. [S. l.]: Netflix, 2013. 1 vídeo (46 min.), streaming. Série do History. Temporada 1: Episódio 1. Disponível em: . Acesso em 10 junho 2019.

VIKINGS. Criação: Michael Hirst. Intérpretes: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Clive Standen. [S. l.]: Netflix, 2013. 1 vídeo (47 min.), streaming. Série do History. Temporada 1: Episódio 2. Disponível em: . Acesso em 14 junho 2019.

VIKINGS. Criação: Michael Hirst. Intérpretes: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Clive Standen. [S. l.]: Netflix, 2013. 1 vídeo (45 min.), streaming. Série do History. Temporada 1: Episódio 3. Disponível em: . Acesso em 17 junho 2019.

VIKINGS. Criação: Michael Hirst. Intérpretes: Travis Fimmel, Katheryn Winnick, Clive Standen. [S. l.]: Netflix, 2013. 1 vídeo (43 min.), streaming. Série do History. Temporada 1: Episódio 7. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.