Cerâmica Vermelha – Desperdício na Construção Versus Recurso Natural Não Renovável: Estudo de Caso nos Municípios de Paudalho/PE e Recife/PE (Red Ceramic - Construction Waste Versus Non-Renewable Natural Resource: A Case Study in Paudalho - PE and...)

Romildo Morant Holanda, Bernardo Barbosa da Silva

Resumo


A construção civil é um setor muito importante da economia e para a sociedade, e dentre os seus principais sub-setores o de edificações é um grande consumidor de tijolos cerâmicos, pois é um dos principais insumos para fechamento de vãos em casas e apartamentos. O tijolo cerâmico é, em sua totalidade, constituído de argila, no caso um recurso natural não renovável finito. Após a sua extração nas jazidas e de sua sinterização o elemento cerâmico passa a existir e o recurso mineral não metal que compõe a argila não mais existe. Mesmo sendo importante a indústria da Construção Civil, sub-setor Edificações (ICC/SE) ainda mantém níveis altos de perdas de insumos, raramente quantificados. Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivo a quantificação das perdas da cerâmica vermelha na construção civil no estado de Pernambuco. Foram levantados dados em duas edificações localizadas na cidade do Recife, por um período de seis meses no ano de 2010. Nas duas obras foram registradas perdas médias de 20,45% de alvenaria e isso acarretou um desperdício também da matéria prima argila, pois o resíduo gerado não mais constitui recurso natural e sim resíduo sólido com grande potencial de impactar o meio ambiente. Concluiu-se, ainda, que há de serem adotadas medidas preventivas com urgência vez que as perdas anuais de argila, somente no estado de Pernambuco, são da ordem de 300.000 m3, o que representa um grande risco ambiental.

Palavras-chave: Risco ambiental; tijolo cerâmico, desperdícios na construção civil.

 

Red Ceramic - Construction Waste Versus Non-Renewable Natural Resource: A Case Study in Paudalho - PE and Recife - Cities

 

ABSTRACT

The building sector is a very important section of the economy and for the society, and among their main sub-sections the one of constructions is a great consumer of ceramic bricks, because it is one of the main inputs for closing of spaces in houses and apartments. The ceramic brick is, in its totality, constituted of clay, in the case a natural resource no renewable. After its extraction in the beds and of its clay coalitionthe ceramic element starts to exist and the mineral resource no metal that composes the clay no more it exists. Even of great importance the building sector industry, sub-section Constructions (BSI/SC) it still maintains high levels of losses of inputs, rarely quantified. In this sense, the present work had for objective the quantification of the red ceramic losses in a building site in the State of Pernambuco. Data collected in two constructions located in Recife city for a period of six months in the year of 2010 were used for quantification of the losses. The two sites presented an average losses of 20,45% and that caused a waste of the primary matter clay, because the generated residue is no more a natural resource and it represents a solid residue with great potential the environment impact. It was concluded that some urgent attitudes must be adopted in order to reduce such waste since that the annual losses of clay, only in the State of Pernambuco, represent an approximate volume of 300,000 m3, what represents a great environmental risk.

Key-Word: I scratch out environmental; ceramic brick, wastes in the building site.


Palavras-chave


Risco ambiental; tijolo cerâmico, desperdícios na construção civil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v4.4.872-890



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License