Análise dos padrões espaciais e temporais da precipitação no Estado do Maranhão – Brasil

Francisco das Chagas Araujo Nascimento, Fabiane Regina Cunha Araújo, Célia Campos Braga

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de verificar os padrões de precipitação pluvial no estado do Maranhão utilizando técnicas estatísticas da análise em multivariadas e relacioná-los com os principais fenômenos meteorológicos atuantes no estado. A área geográfica de estudo refere-se ao estado do Maranhão localizado no extremo Oeste do Nordeste do Brasil. Os dados de precipitação pluvial foram obtidos de 84 postos pluviométricos fornecidos pela Agência Nacional de Águas e Instituto Nacional de Meteorologia compreendendo o período de 1985 a 2014. Utilizou-se técnicas de Análise de Componentes Principais na definição dos padrões. Os resultados mostraram que nos meses de janeiro a abril as chuvas são mais intensas no norte do estado e no extremo com Tocantins, relacionadas à Zona de Convergência Intertropical, aos Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis e influência Amazônica. Nos meses de maio a agosto a precipitação é predominante na parte noroeste influenciada pelas Zona de Convergência Intertropical e Linha de Instabilidades e nos meses de setembro a dezembro ocorrem em maior quantidade no extremo Sul do estado influenciada pela Zona de Convergência do Atlântico Sul.

Palavras-chave


Analise de Componentes Principais, Regime Pluviométrico, Correlação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.2.p422-430



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License