Aspectos temporais, espaciais e rítmicos da variabilidade pluviométrica no Núcleo de Desertificação de Cabrobó/PE (Temporal, spatial and rhythmic aspects of pluviometric variability in the Desertification Nucleus of Cabrobo/PE)

Joselma Araújo de Lucena, Ranyére Silva Nóbrega, Lucas Suassuna de Albuquerque Wanderley

Resumo


O regime pluvial irregular afeta a região de Cabrobó/PE, tendo em vista que sua economia se destaca pelo setor agropecuário, além de ser uma área na qual a ação antrópica associada às condições climáticas resultou em um alto nível de susceptibilidade à desertificação. Nessa perspectiva, o presente trabalho objetivou analisar a variabilidade pluviométrica do Núcleo de Desertificação de Cabrobó, em Pernambuco, considerando os aspectos temporais, espaciais e rítmicos. Foram utilizados dados pluviométricos do período de 1982 a 2016. Após a coleta, organização e tabulação dos dados, foram realizadas as análises a respeito da sua variabilidade. Foi constatada acentuada variabilidade pluviométrica interanual, com anos consecutivos secos e anos consecutivos chuvosos. Na distribuição espacial verificou-se que, em média, as áreas localizadas no sul do Núcleo recebem uma quantidade menor de precipitação pluviométrica ao longo dos anos estudados. Na gênese pluvial, constatou-se o favorecimento ou inibição da precipitação no período chuvoso de acordo com o posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema que favorece as chuvas na região, além da influência das condições de Anomalias de Temperaturas da Superfície do Mar (ATSM) no oceano Pacífico Tropical e do oceano Atlântico Tropical Norte e Sul.



 

ABSTRACT

 

The irregular rainfall regime affects the Cabrobo/PE region, given that its economy stands out in the agricultural sector, besides being an area in which the anthropic action associated to the climatic conditions resulted in a high level of susceptibility to desertification. In this perspective, the present work aimed to analyze the pluviometric variability of the Desertification Nucleus of Cabrobo, in Pernambuco, considering temporal, spatial and rhythmic aspects. Rainfall data were used from 1982 to 2016. After collecting, organizing and tabulating the data, analyzes were carried out regarding their variability. It was observed a marked interannual rainfall variability, with consecutive dry years and consecutive rainy years. In the spatial distribution, it was found that, on average, the areas located in the south of the Nucleus received a smaller amount of rainfall during the studied years. In the pluvial genesis, it was observed the favoring or inhibition of precipitation in the rainy season according to the positioning of the Intertropical Convergence Zone (ITCZ), the main system that favors rainfall in the region, besides the influence of the conditions of Surface Temperature Anomalies (ATSM) in the Tropical Pacific Ocean and the North and South Tropical Atlantic Ocean.

 

Key words: Rain; Rhythmic Analysis; Genesis Pluvial.



Palavras-chave


Chuva; Análise Rítmica; Gênese Pluvial.

Texto completo:

PDF

Referências


Araújo, L. E., Sousa F. A. S., Ribeiro, M. A. F. M., Santos, A. S., Medeiros, P. C., 2008. Análise estatística de chuvas intensas na bacia hidrográfica do rio Paraíba. Revista Brasileira de Meteorologia, v.23, n.2, 162-169.

Araújo, R. G., Andreoli, R. V., Candido, L. A., Kayano, M. T., Souza, R. A. F., 2013. A influência do evento El Niño – Oscilação Sul e Atlântico Equatorial na precipitação sobre as regiões norte e nordeste da América do Sul. ACTA AMAZONICA. Vol. 43 (4): 469-480.

BRASIL, 2007. Atlas das áreas susceptíveis à desertificação do Brasil. Ministério do Meio Ambiente.

CPC – Climate Prediction Center, 2015. Disponível em: . Acesso em 20 de junho de 2015.

Christofoletti, A. L. H., 1992. Procedimentos de análise utilizados no estudo da precipitação. Geociências, São Paulo, v.11, n.1, p. 75-98.

Ferreira, A. G., Mello, N. G. S., 2005. Principais sistemas atmosféricos atuantes sobre a região Nordeste do Brasil e a influência dos oceanos Pacífico e Atlântico no clima da região. Revista Brasileira de Climatologia, Vol. 1, Nº 1, dezembro.

Landim, P. M. B., 2000. Introdução aos métodos de estimação espacial para confecção de mapas. Rio Claro: UNESP, 20 p.

Molion, L. C. B., Bernardo, S. O., 2002. Uma revisão da dinâmica das chuvas no Nordeste brasileiro. Revista Brasileira de Meteorologia, Rio de Janeiro, V. 17, n. 1, p. 1-10.

Monteiro, C. A. F., 1971. Análise Rítmica em Climatologia – problemas da atualidade climática em São Paulo e achegas para um programa de trabalho. Climatologia 1, USP/IG, São Paulo.

Nóbrega, R. S., Farias, R. F. L., Santos, C. A. C., 2015. Variabilidade temporal e espacial da precipitação pluviométrica em Pernambuco através de índices de extremos climáticos. Revista Brasileira de Meteorologia, v.30, n.2, 171 - 180.

Nóbrega, R. S., Santiago, G. A. C. F., 2014. Tendência de temperatura na superfície do mar nos oceanos Atlântico e Pacífico e variabilidade de precipitação em Pernambuco. Mercator, Fortaleza, v. 13, n. 1, p. 107-118, jan. / abr.

Pinkayan, S., 1966. Conditional probabilities of occurrence of Wet and Dry Years Over a Large Continental Area. Colorado: State University, Boulder-Co. (Hidrology papers, n. 12).

Sampaio, E. V. S. B.; Sampaio, Y.; Vital, T.; Araújo, S. B.; Sampaio, G. R., 2003. Desertificação no Brasil: conceitos, núcleos e tecnologias de recuperação e convivência. Recife: Editora Universitária da UFPE.

Sant’Anna Neto, J. L., 1998. Clima e organização do espaço. Boletim de geografia. Universidade Estadual de Maringá. Departamento de Geografia. Ano 16 – nº 1.

Soares, D. B., Mota Filho, F. O., Nóbrega, R. S., 2011. Sobre o processo de desertificação. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 01, p. 174-188.

Silva, D. F., 2011. Influência da variabilidade climática e da associação de fenômenos climáticos sobre sub-bacias do rio São Francisco. Revista Brasileira de Ciências Ambientais – Número 19 – Março.

Silva, D. F., Sousa, F. A. S., Kayano, M. T., 2009. Uso de IAC e Ondeletas para análise da influência das multiescalas temporais na precipitação da bacia do rio Mundaú. Engenharia Ambiental - Espírito Santo do Pinhal, v. 6, n. 1, p. 180-195, jan /abr.

Xavier, T. de M. B. S., Xavier, A. F. S., Alves, J. M. B., 2007. Quantis e eventos extremos: aplicações em ciências da terra e ambientais. Fortaleza: RDS.

Zavattini, J. A., Boin, M. N., 2013. Climatologia geográfica: teoria e prática de pesquisa. Campinas, SP: Editora Alínea.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v10.6.p1784-1801

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License