Relação Fitoplâncton - Zooplâncton em Ambiente Oligotrófico(Fitoplankton-Zooplankton Relationship in Oligotrophic Environment)

Indira Maria Estolano Macêdo, Fábio Henrique Portella Corrêa de Oliveira, Osman Oliveira de Lira, Maria do Rosário de Fátima Padilha, José Machado, Ranyere Silva Nóbrega, Neide Kazue Sakugawa Shinohara

Resumo


Ecossistemas lênticos de pequeno porte respondem rapidamente às condições ambientais, influenciando a comunidade planctônica devido às flutuações bióticas e abióticas do corpo d’água. Este estudo teve como objetivo analisar os parâmetros físico-químicos e a identificação da comunidade planctônica (fitoplâncton, zooplâncton e bacterioplâncton) presentes no reservatório, correlacionando esses organismos em um ambiente oligotrófico. As análises foram realizadas mensalmente no período de julho/2014 a junho/2016. A análise de todos os parâmetros físico-químicos e biológicos foi realizados de acordo com metodologia oficial. Empregou-se ferramentas estatísticas multivariadas (ACP) e teste de Pearson para avaliar a correlação entre as variáveis abióticas e a biomassa total de cada grupo planctônico. Nesta pesquisa encontrou-se uma relação positiva entre as biomassas totais da comunidade zooplânctonica e fitoplânctonica, entretanto componentes do bacterioplancton, não foi significativo. Estes resultados indicaram que a predação e/ou competição não são relações ecológicas significativas entre as espécies zooplanctônicas e fitoplanctônicas presentes neste ecossistema oligotrófico, existindo assim uma relação favorável entre os grupos estudados. Desta forma, o desenvolvimento desses organismos foi influenciado pelas mesmas variáveis abióticas (manganês, dureza e temperatura), atuando de forma direta no estabelecimento de suas biomassas.

 

A B S T R A C T

Small lentic ecosystems respond rapidly to environmental conditions, influencing the planktonic community due to the biotic and abiotic fluctuations of the water body. This study aimed to analyze the physicochemical parameters and identification of the planktonic community (phytoplankton, zooplankton, and bacterioplankton) present in the reservoir, correlating these organisms in an oligotrophic environment. The analyses were performed monthly from July/2014 to June/2016. The analysis of all physicochemical and biological parameters was carried out according to the conventional methodology. Multivariate statistical tools (PCA) and Pearson's test were used to evaluate the correlation between the abiotic variables and the total biomass of each planktonic group. In this research was found a positive relation between the total biomasses of the zooplanktonic community and phytoplanktonic. However, components of bacterioplankton were not significant. These results indicate that predation and competition are not significant ecological relationships between zooplanktonic and phytoplanktonic species present in this oligotrophic ecosystem, and there is a favorable relationship between the studied groups. In this way, the development of these organisms was influenced by the same abiotic variables (manganese, hardness, and temperature), acting directly in the establishment of their biomasses.

Keywords: plankton, reservoir, abiotic factors. 


Palavras-chave


planctôn, reservatório, fatores abióticos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v.10.5.p1368-1376



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License