Meio Ambiente e Políticas Públicas de Turismo: reflexões conceituais e questões contemporâneas (Environment and Public Policies of Tourism: conceptual reflections and contemporary issues)

Elton Pereira da Silva, Claudio Jorge Moura de Castilho

Resumo


O meio ambiente não é só palco, mas, ao mesmo tempo, reflexo da (in) ação humana ao logo do tempo, compreendido, portanto, a partir da dialética das questões de ordem físico-natural, sociocultural, econômica e político-institucional, sob uma perspectiva transescalar e transdisciplinar. O papel das políticas públicas de turismo deveria ser o de propiciar o desenvolvimento, garantindo a distribuição equitativa dos benefícios gerados com o turismo para todos os atores socioambientais presentes na destinação turística. Acontece, porém, que, na maioria das vezes, tem-se uma visão reducionista sobre os elementos e relações que o compõem, não se tendo muita clareza sobre o que é efetivamente uma política pública de turismo, inclusive dentro dos próprios órgãos governamentais responsáveis pelo planejamento e gestão do turismo. O objetivo deste trabalho consiste na apresentação de conceitos desenvolvidos na nossa pesquisa, buscando elucidar algumas questões relevantes referentes ao tema ora identificado no contexto da pós-modernidade e propondo um novo conceito de meio ambiente e de política pública de turismo. Para a realização deste objetivo foram feitas leituras convergentes dos principais autores que tratam da temática e chegou-se à conclusão de que o meio ambiente e políticas públicas de turismo exigem um tratamento complexo, ultrapassando as visões fragmentadas e limitadas.

 A B S T R A C T

Environment is not just a stage, but at the same time a reflection of the human (in) action during the time, understood based on the dialectic of physical-natural, socio-cultural, economic and political-institutional issues, under a trans-transverse and transdisciplinary perspective. The role of tourism’s public policies should promote development, ensuring the equitable distribution of the benefits generated by tourism among all socio-environmental actors in the tourist destinations. However, it occurs, frequently, a reductionist view of the environment as well as there is not a holistic view of tourism’s public policy, including the government agencies responsible for the management of tourism. The objective of this work is to point out some concepts of development, seeking to elucidate some relevant issues related to the subject in the context of postmodernity and propose a new concept of environment and tourism’s public policy. Searching for carrying out this objective, we consulted the main authors who dealt with the theme, and we concluded that the environment and tourism’s public policies require a complex treatment, going beyond fragmented and limited point of view.

Keywords: Environment; Tourism; Public Policy 


Palavras-chave


Meio Ambiente; Política Pública; Turismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v10.5.p1552-1575



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License