Qualidade da Água e Fluxo de Fósforo e Nitrogênio do Rio Paraíba do Meio (AL), durante o Ano Hidrológico de 2013.

Everson de Oliveira Santos, Paulo Ricardo Petter Medeiros, Rogério da Silva Santos

Resumo


A qualidade da água é considerada um importante elemento no debate científico contemporâneo acerca da relação entre a sociedade e os recursos hídricos. A água possui uma relevância social, econômica, ambiental e, sobretudo vital, pois está relacionada intimamente a manutenção da vida no Planeta Terra. Contudo, mesmo diante dessa realidade, a degradação dos recursos hídricos é significativa. Desse modo, o presente artigo tem como objetivo estudar como a população alagoana tem contribuído para o processo de degradação ambiental do Rio Paraíba do Meio e, tal análise toma como base, para caracterização dos impactos ambientais, a concentração e fluxo da carga de nitrogênio e fósforo, dois importantes parâmetros químicos intimamente relacionados à qualidade da água. Este estudo tem relevância não apenas científica, mas, sobretudo, social, pois há uma carência desta tipologia de análise referente a bacia hidrográfica do rio em questão. Desse modo, a referida pesquisa vem a preencher uma lacuna em pesquisas sobre o Rio Paraíba do Meio. Foram realizadas coletas de amostras mensalmente durante o ano de 2013 e posteriormente feitas os procedimentos de análise de laboratório Os nutrientes inorgânicos dissolvidos (Amônia, Nitrito, Nitrato e Fosfato) e o Fósforo Total foram determinados segundo Carmouze (1994). O método de Strickland e Parsons (1972) foi utilizado para o cálculo das concentrações de nutrientes inorgânicos dissolvidos. Foi identificada alterações nos valores da concentração dos parâmetros químicos, estando os mesmos fora do padrão estabelecido pelo CONAMA. O processo de urbanização desordenado acabou por influenciar em tais alterações na qualidade da água. 

Palavras-chave


Ação Humana, Degradação, Recursos Hídricos.

Referências


ALVES, W. S. et al. Análise das relações entre uso do solo e qualidade da água do Lago Bonsucesso, em Jataí, Estado de Goiás, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.12, n.01, p. 326-342, jan. 2019.

ANJINHO, P. S. Análise da qualidade das águas e do estado trófico de cursos hídricos afluentes ao reservatório do Lobo, Itirapina, São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.13, n.01, p. 364-376, mar. 2020.

BRASIL. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005. CONAMA – Ministério do Meio Ambiente. Brasília, DF, 23 p.

CARMOUZE, J. P. O metabolismo dos ecossistemas aquáticos – Fundamentos teóricos, métodos de estudo e análises químicas: 1. ed. São Paulo: Editora FAPESP, 1994. 253 p.

ESTEVES, A. F. Fundamentos de Limnologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 1998. 226 p.

FRANÇA, L. M. A. et al. Efeitos da precipitação na vazão da bacia hidrográfica do rio Pajeú-PE. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.12, n.06, p. 2377-2391, jul. 2019.

GAMA, W. M. Conjuntura dos recursos hídricos no Brasil: regiões hidrográficas brasileiras. 2011. 114 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos e Saneamento) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2011.

MARINHO, E. R. et al. As atividades Antrópicas na Modulação da Qualidade de Água do rio Guamá, em São Miguel do Guamá, Pará. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.13, n.01, p. 182-195, fev. 2020.

MARINHO, E. R. et al. Avaliação da Ação Urbana no Canal Água Cristal em Belém, Pará, um Estudo Sobre Qualidade da Água. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.13, n.01, p. 322-335, mar. 2020.

MEDEIROS, P. R. P. et al. Determinação da carga de nutrientes do Rio São Francisco na região de sua foz. 1. ed. Maceió: Agência Nacional das Águas, 2003. 59 p.

PEREIRA, M. A. B. et al. Qualidade Hídrica da Cachoeira do Rio São Tomás, no Município de Rio Verde, Goiás, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.13, n.01, p. 377-390, mar. 2020.

Plano Diretor de recursos hídricos das bacias dos rios Paraíba, Sumaúma e Remédios. Maceió. 1997. 69 p.

SANTOS, E. O.; MEDEIROS, P. R. P.; SANTOS, C. J. S. Implicações socioambientais do processo de apropriação e uso do Rio Paraíba do Meio em Viçosa (AL). Revista Geonorte, Manaus, v. 9, n. 32, p. 45-66, jun. 2018.

SOUZA, D. F.; SILVA, L. O. S.; PINTO, A. L. Qualidade física, química e biológica sazonal das águas superficiais da bacia hidrográfica do córrego Moeda em Três Lagoas/MS. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v.13, n.01, p. 196-210, jan. 2020.

STRICKLAND, J. D. H. & PARSONS, T. R. (1972) A practical handbook of seawater analysis. Bulletin Fisheries Research Board of Canada, 167p.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v14.2.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License