Avaliação geoespacial da expansão do aglomerado urbano Crajubar utilizando inteligência geográfica

Rudá Peixoto Teles, Maria Lucineide Gomes da Silva, Antonio Junior Alves Ribeiro

Resumo


Na região Nordeste do Brasil existe uma gama de aglomerações urbanas, dentre as quais se destaca a conurbação urbana, conhecida como Crajubar, localizada na Região Metropolitana do Cariri (RMC), no sul do Ceará, onde existe uma percepção de ausência de limites urbanos entre os três municípios: Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. Assim, este trabalho busca compreender a dinâmica da expansão do Crajubar, por meio de técnicas de Geoprocessamento. Para tanto, utilizou-se arquivos vetoriais da delimitação territorial com mancha urbana do ano de 2005 e imagens orbitais dos satélites GeoEye do ano de 2018. Para o processamento dos dados foi utilizado o software QGIS. O Google Earth foi usado para identificar estabelecimentos responsáveis por atraírem crescimento urbano para o seu entorno, ainda foram utilizadas informações oficiais de crescimento populacional e informações econômicas geradas pelos órgãos oficiais. Como resultados, geraram-se arquivos vetoriais com duas manchas urbanas da região, sendo uma de 2005 e outra de 2018, as quais apresentam a conurbação dos três municípios para as duas situações. A partir do mapa gerado, construiu-se o entendimento dos fatores que impulsionam a expansão espacial urbana do Crajubar, tais como serviços públicos nas áreas de infraestrutura, saúde e educação.

 

Evaluation of expansion of Crajubar urban agglomerate using geomatics

 

A B S T R A C T

In the Northeast region of Brazil there is a range of urban agglomerations, among which the urban conurbation known as Crajubar. It is located in the metropolitan area of Cariri (MAC), in the south of Ceará, where there is a perception of the absence of urban boundaries between the three towns: Crato, Juazeiro do Norte and Barbalha. This work tries to understand the dynamics of the expansion of Crajubar, using Geoprocessing techniques. It was used shapefiles of the territorial delimitation with urban area of the year of 2005 and GeoEye satellites images of the year of 2018. The QGIS software was used for data processing. The Google Earth was used to identify companies and institutions responsible for attracting urban growth for the around their area, official information on population growth and economic information generated by government institutions was also used. As a result, shapefiles were generated with two urban areas in the region, one of area in 2005 and another area in 2018, where each one presents the conurbation of the three towns for both situations. From the generated map, the understanding of the factors that have influenced the urban spatial expansion of Crajubar was constructed, such as public services of infrastructure, health and education.

Keywords: Urbanization, Population Growth, Geoprocessing.


Palavras-chave


Urbanização, Crescimento Populacional, Geoprocessamento

Texto completo:

PDF

Referências


BENTES, J. C. G.; ARARUNA, R. T. A dispersão urbana na Microrregião de São José dos Campos (SP) e seus padrões de urbanização. In: Encontro Nacional da ANPUR, v.15,2013, Recife, 2013. Anais … Recife: ANPUR,2013, p. 1- 19.

BRASIL (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Organização de Alexandre de Moraes. São Paulo, Atlas.

BRITO, A. C. R. Águas para que(m): grandes obras hídricas e conflitos territoriais no Ceará. Curitiba: Editora CRV, 2016.

CEARÁ. “Lei Complementar Nº78”. Diário Oficial do Estado do Ceará. Promulgada em 26 de junho de 2009. Série 3. Ano I. Nº 121, 2009.

______, Assembleia Legislativa do Estado. Cenário atual dos recursos hídricos do Ceará. Fortaleza: INESP, 2008.

DIAS. S. A. Região Caririense: Turismo religioso e manifestações culturais na festa do pau sagrado de Santo Antônio de Barbalha. 2012. F, 156, Dissertação (Mestrado em Geografia), Universidade Estadual do Ceará - UECE, 2012.

DONATO, J.C.; ASTOLPHI, J.L.L.; ULIANA, RM.R. Efeitos da poluição em mananciais e rios nos ambientes urbanos. I Simpósio Brasileiro Online Gestão Urbana. ISBN 978-85-68242-46-9, 26 a 28 de abril de 2017.

_______, A. P. C. (2012). Entre serras e sertões: a(s) (trans)formação(ões) de centralidade(s) da Região Metropolitana do Cariri/CE. Dissertação de Mestrado. Natal, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Disponível em:< http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12378>. Acesso em 06 de set. de 2018.

GURGEL, A. P. C. As metrópoles do interior do Nordeste: a caracterização de um tipo metropolitano regional. Cadernos Metrópole, v. 19, n. 40, p. 841-864, 2017.

HAESBAERT, R. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. 5. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

INOSTROZA, L.; BAUR, R.; CSAPLOVICS, E. Urban sprawl and fragmentation in Latin America: a dynamic quantification and characterization of spatial patterns. Journal of Environmental Management, n. 115, p. 87-97, 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE (2010). Censo Demográfico. Disponível em :< https://www.ibge.gov.br/>. Acesso em 06 de set. 2018.

_______. IBGE CIDADES, População estimada [2018] Para Juazeiro do Norte - CE. Disponível em:< https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/juazeiro-do-norte/panorama>. Acesso 24 de maio de 2019.

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO – IDT. Mercado de trabalho do Cariri: uma análise dos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha / Júnior Macambira. – Fortaleza: IDT, 2008.

INSTITUTO DE PESQUISA E ESTRATÉGIA ECONÔMICA DO CEARÁ – IPECE. Perfil Municipal 2017 Barbalha. Disponível em : http://www.ipece.ce.gov.br/perfil_basico_municipal/2017/Barbalha.pdf. Acesso 08 de set.2018.

_______. Perfil Municipal 2017 Juazeiro do Norte. Disponível em: http://www.ipece.ce.gov.br/perfil_basico_municipal/2017/Juazeiro_do_Norte.pdf. Acesso 08 de set.2018.

_______. Perfil Municipal 2017 Crato. Disponível em: http://www.ipece.ce.gov.br/perfil_basico_municipal/2017/Crato.pdf. Acesso 08 de set.2018.

LIMA NETO, Raimundo Teixeira et al. Análise morfométrica e ambiental da microbacia hidrográfica do rio Granjeiro, Crato/CE. Rem: Rev. Esc. Minas, Ouro Preto, v. 61, n. 3, p. 365-369, Sept. 2008.

MARTINS, R. N. S. (2013). IMPACTOS DA EXPANSÃO URBANA EM UM MUNICÍPIO METROPOLITANO: ANÁLISE DA RETIRADA DA COBERTURA VEGETAL DE APARECIDA DE GOIÂNIA, ENTRE 1985 E 2010 - DOI 10.5216/bgg.v33i2.25563. Boletim Goiano De Geografia, 33(2), 335-354. https://doi.org/10.5216/bgg.v33i2.25563

NADALIN, V.; IGLIORI, D. Espraiamento urbano e periferização da pobreza na região metropolitana de São Paulo: evidências empíricas. EURE (Santiago), Santiago, v. 41, n. 124, p. 91-111, set. 2015.

NASCIMENTO, D.C. Região Metropolitana do Cariri – CE: Um Cenário de Incertezas Quanto à Gestão, Planejamento e Finalidades. Anais do XI-ENANPEGE.ISSN2175-8875, P. 11198- 11209, 2015.

NETO, R. P. A., & DA SILVA TEIXEIRA, M. Desenvolvimento regional: um estudo na região metropolitana do Cariri. Id on Line REVISTA DE PSICOLOGIA, v. 6, n. 18, p. 13-32, 2012.

NOBRE, F.W. Das Águas Que Convergem as Águas Que Divergem: Mercadorização da Água na Região do Cariri Cearense. Revista de Geografia (Recife)-ISSN: 0104-5490, v. 34, n. 3, 2017.

OLIVEIRA, A. A.; APOLINÁRIO, V.; PEREIRA, W. E. N. A POLÍTICA DE INDUSTRIALIZAÇÃO DO CEARÁ E SUAS REPERCUSSÕES NO MERCADO FORMAL DE TRABALHO INDUSTRIAL: Análise do polo CRAJUBAR para os anos de 1990 a 2010. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S.l.], v. 2, n. 1, mar. 2013. ISSN 2316-5235.

PARFITT, C.M. Aglomeração Urbana do Sul Brasil, Expansão Urbana: 1990 a 2011. Revista da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia (Anpege). p.130-155, V.13, n.20, jan./abr. 2017.

PEREIRA, A.Q. (2012). HIERARQUIA URBANA NO SERTÃO CENTRAL CEARENSE - DOI 10.5216/bgg.v32i2.21080. Boletim Goiano De Geografia, 32(2), 109-125. https://doi.org/10.5216/bgg.v32i2.21080

QUEIROZ, S. N. Migração para o Ceará nos anos 90. Dissertação inédita (Mestrado em Economia), Universidade Federal da Paraíba, UFPB-CME, 2003.

SABIÁ, R.J. ESTUDO DO PADRÃO DE EMISSÃO DE POLUENTES PARA O ENQUADRAMENTO DE RIOS INTERMITENTES: Estudo de caso do Rio Salgado, Ce. Tese de doutorado em engenharia civil, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2008.

SILVA JÚNIOR, S. B.; FERREIRA, M. A. G. RODOVIAS EM ÁREAS URBANIZADAS E SEUS IMPACTOS NA PERCEPÇÃO DOS PEDESTRES. Sociedade & Natureza, Uberlândia, 20 (1): 221-237, jun. 2008.

SILVA, J. G. DA; QUEIROZ, S. N. DE; SIDRIM, R. M.S. "MOVIMENTO PENDULAR NA REGIÃO METROPOLITANA DO CARIRI (RMC)", p. 71-88 . In: . São Paulo: Blucher, 2017. ISSN 2359-2990, DOI 10.5151/xgtmigracao-05.

SILVEIRA, J. A. R. Urban sprawl, periferização e bordas urbanas. Minha Cidade, v. 14, p. 1-4, 2014. Liu, W. T. H. Aplicações de sensoriamento remoto.2.ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2015.

SOUZA, M. J. L. de. O ABC do desenvolvimento urbano. 2 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

VILLAÇA, F. Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Studio Nobel, 1998.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.1.p423-433

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License