Espero um ano inteiro até chegar fevereiro: representações do carnaval por três poetas pernambucanos

Taciana Ferreira Soares

Resumo


Pretende‐se, neste trabalho, abordar comparativamente aspectos relacionados ao carnaval encontrados na produção poética de três grandes autores pernambucanos: Manuel Bandeira, Carlos Pena Filho e Ascenso Ferreira, apresentando pontos de convergência e divergência na representação da referida festa popular, analisando os elementos e símbolos escolhidos por eles para dar vida ao carnaval nas suas poesias. Nota-se que, dentre eles, Bandeira é estudado de maneira aprofundada e relevante, enquanto que os outros dois autores, mesmo tendo obras enérgicas, são menos explorados academicamente. O mesmo percebe-se do carnaval, enquanto temática no campo das letras e da literatura, frequentemente considerado menos notável nesta área.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Mário de. O turista aprendiz. Brasília, DF: Iphan, 2015.

BANDEIRA, Manuel. Estrela da vida inteira. Rio de Janeiro: Nova fronteira, 1993.

BANDEIRA, Manuel. Seleta de prosa. Rio de Janeiro: Nova fronteira, 1997.

CASCUDO, Luis da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. Rio de Janeiro: Ediouro, 1999.

BASTOS, Otávio. Bloco, Troça ou Clube... saiba quem é quem no frevo pernambucano. 2017. (4m 27s). Disponível em: . Acesso em: 24/01/2019.

BULFINCH, Thomas. O livro de ouro da mitologia: histórias de deuses e heróis. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006.

CAVALCANTI, L. M. D.. O carnaval na poética de Manuel Bandeira. Darandina Revisteletrônica, v. 01, p. 01-15, 2009.

CHEVALIER, Jean. Diccionário de los símbolos. Barcelona: Editorial Herder, 1986.

CHEQUER, G. O Carnaval de Manuel Bandeira e a commedia dell’arte. Soletras. Universidade Estadual do Rio de Janeiro, n. 25, p. 32 – 48, jan – jun, 2013.

CORREYA, Juareiz. Ascenso, o nordeste em carne & osso. Recife: Bagaço, 2001.

DAMATTA, Roberto. Carnavais, Malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. Rio de janeiro, Zahar Editores, 1979

DIAS, J.C.T. Soneto do Desmantelo Azul: Um Incurso a Erosfera de Carlos Pena Filho. Revista Ártemis, v. 17, p. 121-128, 2014.

FERREIRA, Ascenso. Catimbó: cana caiana: xenhenhém. 5 ed. Recife: Nordestal, 2008.

MACHADO, A. M; PEGEUX, D. H. Da literatura comparada à teoria da literatura. Lisboa: Edições 70, 1988.

Monteiro, Luiz. Carlos. Musa fragmentada: a poética de Carlos Pena Filho. Dissertação (Mestrado em teoria da literatura). Centro de artes e comunicação, Universidade Federal de Pernambuco. Recife, p. 99. 2005.

OLIVEIRA, J. L. Pequena história do carnaval carioca: de suas origens aos dias atuais. Encontros, n 18, p. 61-85, 2012.

PALMEIRA, J. D. Blocos Carnavalescos Mistos e as relações de gênero na folia das ruas do Recife na década de 1920. In: 18º Encontro Nacional da Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisa sobre as Mulheres e as Relações de Gênero – REDOR. Anais... Recife, 2014, p. 3740 – 3756.

PENA FILHO, Carlos. Livro Geral. Recife: Editora Raiz, s.d.

QUEIROZ, A. O. Metade roubada ao mar, metade à imaginação: a cidade do Recife por Carlos Pena Filho. Rascunhos Culturais, v. 1, p. 15-28, 2011.

RAMOS, Joranaide. Alves. Ascenso Ferreira: um poeta-cantador da cultura pernambucana. Dissertação (Mestrado em Estudos literários). Faculdade de Letras, Universidade Federal de Alagoas. Maceió, p. 110. 2013.

ROCHA, M. O. Residualidade literária na poética de Manuel Bandeira. Entrelaces, Universidade Federal do Ceará, n. 4, p. 126 - 141, set. 2014.

STEGAGNO-PICCHIO, Luciana. História da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997.

TROUSSON, Raymond. Temas e mitos – questões de método. Lisboa: Livros Horizonte, 1988.

VAINSENCHER, Semira Adler. Ascenso Ferreira. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: . Acesso em: 18/01/2019.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.