Estudos geo-hidrológicos da bacia do rio Curuá-Una, Santarém, Pará: Aplicação do modelo hidrológico de grandes bacias (MGB-IPH) (Geohydrological studies of the Curuá-Una river basin, Santarém, Pará: Application of the hydrological model of large ...)

Daniel Alves Jati, Júlio Tota da Silva

Resumo


O desenvolvimento urbano ou rural acarreta pressão antrópica sobre corpos hídricos, podendo gerar problemas ambientais, sociais e econômicos. Para tentar mitigar os impactos dos projetos desenvolvimentistas precisa-se, primeiramente conhecer características da bacia hidrográfica a ser estudada. O objetivo deste trabalho é caracterizar aspectos relacionados a geo-hidrologia, morfologia e morfometria da bacia hidrográfica do rio Curuá-Una, Santarém, Pará, concomitantemente, avaliar a influencia das modificações de uso e ocupação do solo ocorridas na bacia entre 1985 e 2015 no regime hídrico. Para isso utilizou-se o software Mapwindow, imagem LANDSAT, modelo digital de elevação e plugin MGB-IPH. Os principais resultados obtidos foram: delineamento da área de drenagem com valor de 17.351,34 km2 e largura máxima = 125,78 km; as classificações de uso e ocupação do solo apresentaram que a classe vegetação média e alta sofreu redução de 10,76%, e a classe antropização e solo exposto aumento de 8,52% entre 1985 e 2015; o tipo de solo latossolo amarelo abrange uma área de 833,64 km2; a malha de drenagem tende acumular escoamento com alta intensidade no rio Curuá-Una, rio Moju, igarapé do Moju e igarapé do Puraquê. Os resultados para a avaliação da influencia das mudanças do uso e ocupação do solo no regime hídrico mostraram que a influencia não é significativa na escala da bacia. A caracterização da bacia do Curuá-Una possibilitou geração de base dedados capazes de descrever o comportamento hidrológico da região e dados métricos importantes para demarcação de espaços em tomadas de decisões.

 

 

A B S T R A C T

Urban or rural development entails anthropic pressure on water bodies, which can generate environmental, social and economic problems. In order to try to mitigate the impacts of the development projects, it is necessary first to know the characteristics of the hydrographic basin to be studied. The objective of this work is to characterize aspects related to geohydrology, morphology and morphometry of the Curuá-Una river basin, Santarém, Pará, concomitantly, to evaluate the influence of land use and occupation changes occurring in the basin between 1985 and 2015 in the Water regime. For this purpose, the software Mapwindow, LANDSAT image, digital elevation model and MGB-IPH plugin were used. The main results were: design of the drainage area with a value of 17,351.34 km2 and maximum width = 125.78 km; The land use and occupation classifications showed that the class of medium and high vegetation was reduced by 10.76%, and the anthropogenic class and exposed soil increased by 8.52% between 1985 and 2015; The type of yellow latosol soil covers an area of 833.64 km2; The drainage network tends to accumulate flow with high intensity in the Curuá-Una river, Moju river, Moju stream and Puraquê stream. The results for the evaluation of the influence of changes in soil use and land use in the water regime showed that the influence is not significant in the basin scale. The characterization of the Curuá-Una basin made possible the generation of base data capable of describing the hydrological behavior of the region and important metric data for space demarcation in decision-making.

Keywords: Anthropogenic pressure, environmental problems, hydrographic basin, drainage network. 


Palavras-chave


Pressão antrópica; problemas ambientais; bacia hidrografica; malha de drenagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v10.4.p1296-1311



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License