Análise da Dinâmica do Uso da Terra na Bacia Hidrográfica do Rio Marapanim, Pará.

Lucyana Barros Santos, Márcia Nazaré Rodrigues Barros, Andréa dos Santos Coelho, Norbert Fenzl

Resumo


O estudo foi conduzido na bacia hidrográfica do Rio Marapanim, localizada na região Nordeste do estado do Pará e se propôs a realizar a análise das transformações da paisagem por meio de técnicas de sensoriamento remoto e geoprocessamento a fim de identificar e entender os processos existentes. A região onde a bacia está inserida passa por uma modificação em sua dinâmica de uso da terra frente a uma nova fronteira agro energética através da introdução e expansão do dendê, que emerge como um caminho para conter o crescimento da soja e da pecuária. Foram realizadas análises nos períodos de 1984, 2008 e 2017. Os resultados revelam uma intensa dinâmica de mudanças na paisagem, onde as classes Agropecuária e VS compõe a maior parte da paisagem modificada da área da bacia. Vem ocorrendo uma perda gradativa das áreas de Floresta e estas estão em grande parte ao longo da drenagem, exercendo a proteção dos mananciais e com limitada reserva. Ressalta-se a importância de ações que garantam a conservação das áreas de remanescentes florestais dada à intensidade com que as mudanças vêm ocorrendo na região da bacia. Nota-se nos dados o crescimento das áreas de Silvicultura onde este está aumentando em decorrência da expansão do cultivo do dendê no Nordeste Paraense, onde existe uma grande extensão de áreas degradadas e com potencial segundo conduzido pelo ZAE Dendê. Em seis dos doze municípios presentes na área da bacia já existe a presença desta expansão e estes são: Castanhal, Igarapé-Açu, Marapanim, São Francisco do Pará, Santo Antônio do Tauá e Vigia.

 

 

Analysis of Land Use Dynamics in the Marapanim River Basin, Pará

 

A B S T R A C T

The study was conducted in the Marapanim river basin, located in the Northeast region of the state of Pará and proposed to perform from analysis of landscape transformations through remote sensing techniques and geoprocessing modeling dynamic in order to understand current processes and reflect on the future. The region where the basin is inserted undergoes a change in its land use dynamics in the face of a new agro-energy frontier through the introduction and expansion of palm oil, which emerges as a path to contain soybean and livestock growth.  Analyses were performed in the periods of 1984, 2008 and 2017. The results reveal an intense dynamics of changes in the landscape, where the Agricultural and VS classes make up most of the modified landscape of the basin area. There has been a gradual loss of forest areas and these are largely throughout the drainage, exercising the protection of springs and with limited reserve. It is emphasized the importance of actions that ensure the conservation of areas of forest remnants given to the intensity with which the changes have been occurring in the basin region. The growth of forestry areas where it is increasing as a result of the expansion of palm oil cultivation in northeast Pará, where there is a large extension of degraded areas with second potential conducted by ZAE Dendê. In six of the twelve municipalities present in the basin area there is already the presence of this expansion and these are: Castanhal, Igarapé-Açu, Marapanim, São Francisco do Pará, Santo Antônio do Tauá and Vigia.

Keywords: Watershed. Land use. Marapanim River.


Palavras-chave


Bacia hidrográfica; Uso da terra; Rio Marapanim

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAPALMA. Associação Brasileira de Óleo de Palma. 2018. Disponível em: < http://www.abrapalma.org/pt/a-palma-no-brasil-e-no-mundo/>. Acesso em 20/12/2019.

AGROPALMA. disponível em : https://www.agropalma.com.br/quem-somos/a-agropalma Acesso em: 20/12/2019.

ADAMI, M.; GOMES, A. R.; COUTINHO, A. C.; ESQUERDO, J. C. D Júlio César Dalla Mora Esquerdo 2 Adriano Venturieri. Dinâmica do uso e cobertura da terra no estado do Pará entre os anos de 2008 a 2012. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto 2015, João Pessoa/PB. Anais... João Pessoa/PB, 2015, v. 17, p. 7028-7035.

https://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/bitstream/doc/1028690/1/SBSRAdami.pdf

ALMEIDA, C. A.; COUTINHO, A. C.; ESQUERDO, J. C. D. M.; ADAMI, M.; VENTURIERI, A.; DINIZ, C. G.; DESSAY, N.; DURIEUX, L.; GOMES, A. R. High spatial resolution land use and land cover mapping of the Brazilian Legal Amazon in 2008 using Landsat-5/TM and MODIS data. In: Acta Amazonica, vol 46, n. 3, p. 291-302. 2016.

ALMEIDA, C.; SILVA, M.; LOBO, F. de L.; FARIAS, T. P.; GOMES, A.; COSTA, L. C.; ESCADA, M. I. S. Terraclass: Classificação dos padrões de uso e cobertura da terra da Amazônia Legal. In: Cenários para a Amazônia: clima, biodiversidade e uso da terra. (Orgs) Emilio, T; Luizão F. Manaus: Editora INPA, 2014.

ANA. Base hidrográfica ottocodificada. Brasília. Disponível em: . Acesso 03 de setembro de 2017. 2015.

ALVARES, C. A.; STAPE, J. L.; SENTELHAS, P. C.; DE MORAES GONÇALVES, J. L.; SPAROVEK, G. Köppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift v. 22, n. 6. p. 711 – 728. 2013. Disponível: Acesso 12 jun. 2018.

COELHO, A. S., P. M. TOLEDO, I. C. G. VIEIRA, O. DO CANTO, M. ADAMI, A. R. GOMES & I. S. NARVAES. Impactos das mudanças de uso da terra nas áreas prioritárias para conservação da biodiversidade no nordeste do estado do Pará, Brasil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Naturais, vol. 13, n. 1, p. 107-120. 2018.

CORDEIRO, I. M. C. C.; ARBAGE, M. J. C; SCHWARTZ, G. Nordeste do Pará: configuração atual e aspectos identitários. In: Cordeiro, I. M. C. C.; Rangel-Vasconcelos, L. G. T.; Schwartz, G.; Oliveira, F. de A. (Org.). Nordeste Paraense: panorama geral e uso sustentável das florestas secundárias. EDUFRA, Belém 19-58. 2017.

CORREIA, V. R. de M; MONTEIRO, A. M. V.; CARVALHO, M. S.; WERNECK, G. L. Uma aplicação do sensoriamento remoto para investigação de endemias urbanas. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 5. 2007.

CRÓSTA, A. P. Processamento Digital de Imagens de Sensoriamento Remoto. Campinas: IG/UNICAMP. 1992.

COUTINHO, A.C., ALMEIDA, C., VENTURIERI, A., ESQUERDO, J.C.D.M., SILVA, M. Uso e cobertura da terra nas áreas desflorestadas da Amazônia Legal. TerraClass 2008, INPE/EMBRAPA, Brasília. 2013.

EMBRAPA. Mapas de Solos e de Aptidão Agrícola das Áreas Alteradas do Pará. 2016. Disponivel: . Acesso em: 08 mai. 2018.

EMBRAPA/INPE. Levantamento de informações de uso e cobertura da terra na Amazônia: sumário executivo. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Brasília, DF. 2011. Disponível em: . Acesso em: 23 jul. 2017.

GOMES, D. L.; SILVA, F. C. da. Expansão territorial do dendê e resistência camponesa no nordeste paraense. Caminhos de Geografia. v. 17, n. 57. p. 191–200. 2016.

IBGE. Malha Municipal Digital. ftp://geoftp.ibge.gov.br/organizacao_do_territorio/malhas_territoriais/malhas_municipais/municipio_2016. Acesso 01 de nov. 2017. 2016.

IBGE Regiões Geográficas. Disponível em https://www.ibge.gov.br/apps/regioes_geograficas/. Acesso 16 jul. 2018. 2017.

INPE-PRODES Digital. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos, SP. Disponível em: . Acesso 20 nov. 2017.

INSTITUTO PEABIRU. Relatório de Monitoramento dos Indicadores de Sustentabilidade: Agricultura Familiar e Produção de Palma. Programa Dendê Ano V Projeto Indicadores Socioambientais. Belém, 2016.

LISBOA, P. L. B. Rondônia: colonização e floresta. CNPq, AED (Programa Polonoroeste: relatório de Pesquisa, 9). Brasília. 1989.

MONTEIRO, A. O espaço amazônico: sociedade e meio ambiente. Belém: UFPA/NPI. 1997.

MORAIS, R. P.; CARVALHO, T. M. de. Cobertura da Terra e Parâmetros da Paisagem no município de Caracaraí-Roraima. Revista Geográfica Acadêmica. v. 7, n. 1 (xii. 2013). 2013.

MORTON, D. C.; DEFRIES, R. S., SHIMABUKURO, Y. E.; ANDERSON, L. O.; ARAI, E.; ESPIRITO-SANTO, F.D.B.; FREITAS, R.; MORISETTE, J. Cropland expansion changes deforestation dynamics in the southern Brazilian Amazon. PNAS. 2006. 103. 39. p. 14637-14641. Acesso 23 ago. 2017.

NAHUM, J. S.; SANTOS, C. B. dos. A dendeicultura na Amazônia paraense. Geousp – Espaço e Tempo (Online), v. 20, n. 2, p. 281-294. ISSN 2179-0892. Disponível em http://www.revistas.usp.br/geousp/issue/view/6465. Acesso 20 jul.2018 doi: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2179-0892. geousp.2014.84539. 2016.

NAHUM, J. S.; SANTOS, C. B. dos. Uma interpretação geográfica da dendeicultura na Amazônia paraense. Revista da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia - ANPEGE. p.309-331, V.11, n.15, jan-jun. 2015. Disponível em: http://anpege.org.br/revista/ojs-2.4.6/index.php/anpege08/article/viewFile/423/pdf. Acesso em: 07 nov. 2018.

NAHUM, J. S.; MALCHER, A. T. C. Dinâmicas territoriais do espaço agrário na Amazônia: a dendeicultura na microrregião de Tomé-Açu (PA). Revista Confins, 2012. Disponível em: https://journals.openedition.org/confins/7947 . Acesso em: 07 nov. 2018.

PFAFSTETTER, O. Classificação de bacias hidrográficas-metodologia de codificação. Rio de Janeiro, RJ: DNOS, 1989.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO (PNUD), FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO & INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA), 2013. Atlas do desenvolvimento humano: Pará. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2017.

RAYOL, B. P.; SILVA, M. F. F.; ALVINO, F. O. Dinâmica da diversidade florística da regeneração natural de Florestas Secundárias, no município de Bragança, Pará, Brasil. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciências Naturais 1(2): 9-27. 2006.

REBELLO, F. K.; HOMMA, A. K. O. História da colonização do Nordeste paraense: uma reflexão para o futuro da Amazônia. Belém, PA: EDUFRA, 2017. 153 p.

ROMÃO, E. P.; PONTES, A. N.; GUTJAHR, A. L. N.; TORRES, W. R. G. Análise temporal do uso e da cobertura do solo nas áreas desflorestadas do município de Altamira, Pará. Enciclopédia Biosfera, v. 14, n. 25, p. 113-126. doi: 10.18677/EnciBio_2017A11. 2017.

SANTOS, L.B.; COELHO, A. S.; BARROS, M. N. R.; FENZL, N.; CANTO, O.;VIEIRA, I. C. G.; ADAMI, M.; GOMES, A. R. Usos da terra e conservação da biodiversidade na bacia hidrográfica do Rio Marapanim, Pará. Revista Brasileira de Geografia Física. Ciências Naturais, vol. 12, n. 3, p. 929-943. 2019.

SANTOS, J.; HOMMA, A.; GOMES-JUNIOR, R.; SENA, A. L.; MENEZES, A. J. E. A de.; MONTEIRO, K. F.; PEREIRA, R. Avaliação do Desempenho Econômico e do Potencial de Geração de Renda da Estrutura Produtiva de Pequena Escala de Dendezeiro Híbrido Interespecífico na Mesorregião Metropolitana de Belém, Pará. (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento / Embrapa Amazônia Oriental, 102, ISSN 1676-5264). 1. 2016.

SILVA, F. C.; SILVA, L.de J. M. História regional e participação social nas mesorregiões paraenses. Paper NAEA, 226. 2008.

SOUSA, R. P. Granja Marathon: a luta pela terra e a organização do trabalho em um assentamento rural no Nordeste do Pará. 130p. Dissertação (Mestrado em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável) Universidade Federal do Pará e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Amazônia Oriental, Belém, 2002. Disponível em: http://ppgaa.propesp.ufpa.br/ARQUIVOS/dissertacoes/2002/ROMIER_DA_PAIXAO_SOUZA.pdf> Acesso 20 jan. 2018.

VIEIRA, I. C. G.; ALMEIDA, A. S. D.; DAVIDSON, E. A.; STONE, T. A.; CARVALHO, C. J. R. D.; GUERRERO, J.B. Classifying successional forests using Landsat spectral properties and ecological characteristics in eastern Amazônia. Remote Sensing of Environment 87: 470–481. 2003.

VILLELA, A. A. Expansão da palma na Amazônia Oriental para fins energéticos / Alberto Arruda Villela. - Rio de Janeiro: UFRJ/ COPPE, 2014. XXVIII, 360 p.: il.; 29,7 cm. Orientadores: Luiz Pinguelli Rosa Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas Tese (doutorado) - UFRJ/ COPPE/ Programa de Planejamento Energético, 2014.

WAGNER, D. K. Mesos e microregiões formam um grande Estado. Nosso Pará. Belém, PA. v. 2. p. 12-13. 1995.

WATRIN, O. S.; VENTURIERI, A.; SAMPAIO, S. M. N. Análise multitemporal do uso da terra e suas interrelações com a cobertura vegetal em comunidades rurais do Nordeste Paraense. In: IX Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Santos, Brasil, 11-18 setembro 1998, INPE, p. 1573-1583. 1998.

WIESENMÛLLER, J. D. Sistemas de Produção e Manejos dos Recursos Naturais da Agricultura Familiar no Nordeste Paraense, o Caso Capitão Poço. UFPA, Cadernos do NAEA. Belém. 2004.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.4.p1935-1952

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License