A relação com a casa e a comunidade LGBTQIA+ no isolamento social

Fabiano Saft

Resumo


A pandemia de coronavírus (COVID-19) potencializou vulnerabilidades comuns à população LGBTQIA+, tais como trabalho e renda, saúde mental, direito à vida, moradia e não aceitação familiar. O presente relato de experiência visa explicitar, na perspectiva de um Pscólogo Clínico, tais vulnerabilidades "descortinadas", decorrente pandemia de Coronavírus (COVID-19), reiterando a importância da intersetorialidade a fim de elaborar ações estratégicas e afirmativas, em prol da população vítima de violência, uma vez que todos os fatores apresentados constituem nada menos do que uma forte expressão da privação dos Direitos Humanos.


Palavras-chave


Moradia; Saúde; Pandemia; LGBT;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Fabiano Saft

 

 

 

 

Indexadores e Bases bibliográficas:

                    

      

 

 

 

Programa de Pós Graduação em História - PGH UFRPE

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manuel de Medeiros, s/nº

Dois Irmão, Recife, PE, CEP: 52171-010

Prédio Professor Ariano Suassuna (1º Andar) 

ISSN: 2525-6092

 

 

 

Licença Creative Commons

A Revista Rural & Urbano está licenciado com uma Licença Creative Commons