Detecção de Mudança da Vegetação de Caatinga (Change Detection of Vegetation Caatinga)

Paulo Roberto Megna Francisco, Iêde de Brito Chaves, Lúcia Helena Garófalo Chaves, Eduardo Rodrigues Viana de Lima

Resumo


A caatinga é um bioma de grande diversidade que cobre a maior parte da área de clima semiárido brasileiro. Várias técnicas já foram utilizadas com o objetivo de determinar quantitativamente e qualitativamente o estado da vegetação a partir de imagens de satélite e índices de vegetação foram desenvolvidos para auxiliar no mapeamento da vegetação e otimizar os parâmetros presentes nas medidas multiespectrais utilizadas com esse fim. Este trabalho teve como objetivo mapear a vegetação da caatinga, e selecionar um índice de vegetação usando o IBVL para validação dos resultados e detectar mudanças ocorridas. Concluiu-se que o melhor índice que se correlaciona com a cobertura vegetal da caatinga foi o Normalized Difference Vegetation Index, do período seco, e que a metodologia utilizada mostrou-se eficiente para caracterização, classificação e separação em 9 classes. A maior recuperação ocorreu em áreas de drenagem e em declividade mais acentuada. A classe detectada de não mudança ocorreu em áreas de menor cobertura vegetal e de solos propensos à erosão. Estimou-se que 38,71% da área da bacia do rio Taperoá esteja em processo de desertificação.

Palavras-chave: Semiárido, Geoprocessamento, Degradação.

 

Change Detection of Vegetation Caatinga

 

ABSTRACT

The caatinga biome is a large diversity that covers most of the area of Brazilian semi-arid climate. Several techniques have been used in order to determine quantitatively and qualitatively the state of vegetation from satellite images and vegetation indices were developed to assist in vegetation mapping and optimizing the parameters present in the multispectral measurements used for this purpose. This study aimed to map the vegetation of the caatinga, and select a vegetation index using IBVL to validate the results and detect changes. It was concluded that the best index that correlates with the vegetation of the caatinga was the Normalized Difference Vegetation Index, the dry period, and that the methodology used was efficient for characterization, classification and separation into nine classes. The best recovery occurred in areas of drainage and steeper slope. The class detected no change occurred in areas with less vegetation cover and soils prone to erosion. It was estimated that 20.21% of the area of the river basin Taperoá is in an advanced process of desertification.

Keywords: Semiarid, Geoprocessing, Degradation.


Palavras-chave


Semiárido, Geoprocessamento, Degradação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v5.6.p1473-1487



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License