Mapeamento Geomorfológico do Município de Cajueiro da Praia, Costa Litorânea do Estado do Piauí (Geomorphological Mapping of the Municipality of Cajueiro da Praia, Coastal Coast of the State of Piauí)

Wellynne Barbosa, Gustavo Souza Valladares

Resumo


O presente artigo apresenta o resultado do mapeamento das unidades geomorfológicas do município de Cajueiro da Praia localizado na planície costeira do estado do Piauí. Tem por objetivo identificar e caracterizar as unidades de geomorfologia, considerando as relações e integrações dos fatores estruturais associados a geologia, pedologia e relevo. O estudo foi realizado mediante uso de Sistema de Informações Geográficas (SIG). Quanto a metodologia, foi feito primeiramente um levantamento das bases cartográficas existentes acerca da área de estudo, posteriormente foi feito o mapeamento da carta temática básica de geomorfologia, buscando fazer uma análise e identificação das unidades geomorfológicas presente nas áreas de estudo. Como resultado foram identificados, 7 unidades geomorfológicas no município de Cajueiro da Praia, são elas: Praia, Delta e Canais fluviais, Planície Marinha, Planície Lacustre, Planície Eólica, Terraço Marinho, Tabuleiro Costeiro. A importância em fazer esse mapeamento é a capacidade de analisar de forma integrada os ambientes, contribuindo para o conhecimento da área, auxiliando também no planejamento e conservação da região.

 

 

A B S T R A C T

The present article presents the result of the mapping of the geomorphological units of the municipality of Cajueiro da Praia located in the coastal plain of the state of Piauí. It aims to identify and characterize the geomorphology units, considering the relationships and integrations of the structural factors associated with geology, pedology and relief. The study was carried out using the Geographic Information System (GIS). As for the methodology, it was first made a survey of the existing cartographic bases about the study area, later the mapping of the basic geomorphic thematic chart was done, seeking to make an analysis and identification of the geomorphological units present in the study areas. As a result, 7 geomorphological units were identified in the municipality of Cajueiro da Praia. These are: Beach, Delta and Fluvial Channels, Marine Plain, Lake Plain, Wind Plain, Marine Terrace, Coastal Board. The importance of doing this mapping is the ability to analyze the environments in an integrated way, contributing to the knowledge of the area, also helping in the planning and conservation of the region.

Keywords: Geomorphology. Units. Integration. Geoprocessing.


Palavras-chave


Geomorfologia; Unidades; Integração; Geoprocessamento

Texto completo:

PDF

Referências


Botelho, R. G. M., 1999. Planejamento Ambiental em Microbacia Hidrográfica, in: Guerra, A. J. T.; Silva, A.; Botelho, R. G. M. (Org.), Erosão e Conservação dos Solos: Conceitos, Temas e Aplicações. 1 ed. Bertrand Brasil, Rio de Janeiro, pp. 268-300.

Baptista, João Gabriel., 1998. Geografia Física do Piauí, 2 ed. COMDEPI, Teresina.

Cavalcanti, A. P. B., 1996. Caracterização e análise das unidades geoambientais na planície deltaica do rio Parnaíba / PI. Dissertação (mestrado). Rio Claro, UNESP.

Diniz, M. T. M.; Oliveira, G. P.; Maia, R. P.; Ferreira, B., 2017. Mapeamento Geomorfológico do Estado do Rio Grande Do Norte. Revista Brasileira de Geomorfologia [online]18. Disponível: http://dx.doi.org/10.20502/rbg.v18i4.1255. Acesso em: 02 abr. 2018.

Girão, R. S.; Mello, C. L.; Fernandes, P. J. F., 2016. Mapeamento Geomorfológico da Bacia Hidrográfica do Rio São João (RJ) por Análise de Imagens Orientada a Objeto e Mineração de Dados. Revista Brasileira de Geomorfologia [Online] 17. Disponível: http://dx.doi.org/10.20502/rbg.v17i1.731. Acesso em: 02 abr. 2018.

Hesp, P.A., Giannini, P.C.F., Martinho, C.T., Miot Da Silva, G., Asp Neto, N.E., 2009. The Holocene barrier system of the Santa Catarina coast, Southern Brazil, in: Dillenburg, S.R. & Hesp, P.A. (Org.), Geology and Geomorphology of Holocene Coastal Barriers of Brazil, 1 ed. Springer, Heidelberg, pp. 93-134.

IBGE. Instituto brasileiro de Geografia e Estatística, 2010. Censo Demográfico. Rio de Janeiro.

Jacomine, P.K. T., 1986. Levantamento exploratório de reconhecimento de solos do Estado do Piauí, 1 ed. Embrapa, Rio de Janeiro.

Luiz, E. L.; Lamas, M. M. R., 2017. Aplicação do Mapeamento Geomorfológico na Discussão das Potencialidades e Limitações de Terrenos da Zona Costeira Frente à Ocupação Humana: Estudo de Caso no Distrito de Rio Vermelho, Florianópolis/Sc. Revista Sociedade & Natureza. [online] 29. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/1982-451320170412. Acesso em: 03 abr. 2018.

RADAMBRASIL., 1973. SA.23 São Luís e parte da folha SA 24 Fortaleza: Geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação e uso potencial da terra. 25 ed. Ministério das Minas e Energia. Rio de Janeiro.

Ross, J. L. S., 2009. Geografia do Brasil, 6 ed. Edusp, São Paulo.

Rivas, Margareth P., 1996. Macrozoneamento Geoambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba, 1 ed. IBGE, Rio de Janeiro.

Silva, F. P.; Martins C. A. H.; Neto, R. M.; Oliveira, E. L. N.; Fernandes, R. A., 2015. Mapeamento Geomorfológico da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Santa Bárbara, Zona da Mata Mineira. Revista Brasileira de Geografia Física. [online] 08. Disponível: www.ufpe.br/rbgfe. Acesso em: 01 abr. 2018.

Florenzano, T.G., 2008. Cartografia, in: Florenzano, T.G. (Org.), Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais, 1 ed. Oficina de Textos, São Paulo, pp. 105 – 128.

Valeriano, M. M.; Rossetti, D. F., 2011. Topodata: Brazilian full coverage refinement of SRTM data, 32 ed. Applied Geography, Sevenoaks.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v11.4.p1585-1592

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License